quarta-feira, maio 07, 2014

Os cretinos do meu país

Três paquetes em Lisboa — Mail Online


Portugal prepara-se para destruir completamente a viabilidade comercial de todas as suas ligações ferroviárias em direção a Espanha e resto da Europa


Como o governo continua a pastar bovinamente em matéria ferroviária, ou entregue aos piratas do NAL da Ota em Alcochete (piratas do Bloco Central da Corrupção —PS-PSD-CDS— entenda-se), a Espanha diz que aspira a converter-se na grande plataforma logistica do sul da Europa e norte de África.

A propósito, quando é que despedem o impedido da EDP, das Estradas de Portugal, da TAP e de outras PPP, Sérgio Monteiro?

A propósito, quando é que deixamos de ter uma imprensa indigente?

A corja rendeira e este Governo nem sequer percebem o que está a acontecer.


MINISTERIO DE FOMENTO

España aspira a convertirse en la gran plataforma logística del sur de Europa y el norte de África

Para el desarrollo de esta infraestructura, se está llevando a cabo una implantación progresiva del ancho UIC en este corredor ferroviario. Así, se ha avanzado en las nuevas líneas de alta velocidad, con pasos importantes como la puesta en servicio el pasado enero de los 131 km de la línea de alta velocidad Barcelona-Figueres, con una inversión de 3.700 M€, completando la primera conexión ferroviaria transfronteriza en ancho internacional en España. Además, en junio de 2013 entró en funcionamiento el tramo Albacete–Alicante, que forma parte también de este de este corredor.

En los PGE-2014, ha recordado el secretario de Estado, se van a destinar 606 M€ para la construcción de las principales líneas de Alta Velocidad que forman parte del corredor.

PDF

Portugal, que tem uma excelente posição estratégica e a possibilidade de criar uma fachada de portos ligados à futura rede de RTE-T (será que a indigente imprensa indígena sabe o que isto é?), vai acabar por ficar apenas com "portos de fachada" entregues à malta dos TIR, vendo reduzir o seu hinterland a uma facha vertical de 240Km, limitada pela raia, de Vigo e Salamanca e Badajós!

Ou seja, os cretinos e corruptos da classe política do meu país estão a transformar Portugal numa ilha ferroviária.

Como é lógico, a Espanha aproveita o cretinismo galaico-lusitano. Nesta matéria a ignorância alastra de Lisboa até ao Norte. Que triste :(

Enquanto este encolhimento gritante do país ocorre diante dos paspalhos que somos, entretidos com futebol, concursos descerebrados e telenovelas, outros paspalhos, engravatados, posam como pacóvios diante de paquetes cheios de velhos. Que acham que vai acontecer a este turismo daqui a uma década?

Sem comentários: