quarta-feira, dezembro 10, 2008

Portugal 59

Encolha-se o parlamento!

Os trinta e tal deputados que por sua alta recreação resolveram antecipar o fim-de-semana, já de si prolongado, demonstrando o mais completo desprezo por quem lhes paga os vencimentos, não são a excepção, mas a regra de uma casta de cidadãos que raramente cria riqueza, mas que adora apropriar-se dela.

Está na altura de encolher a Assembleia da República:
  1. menos deputados
  2. diferenciação automática dos níveis de vencimento entre deputados em regime de dedicação exclusiva e deputados em regime de acumulação com outras actividades profissionais e políticas remuneradas
  3. introdução de um sistema de avaliação da produtividade individual dos deputados
  4. gestão rigorosa dos conflitos de interesses
  5. transparência electrónica instantânea de todos os actos legislativos
  6. redução da produção legislativa e maior eficiência na regulamentação das leis
  7. descentralização da produção legislativa através de uma maior autonomia regional e municipal (que deverá chegar até ao nível da Freguesia)
E para já, devemos exigir justificações formais para as faltas dos deputados durante uma votação crucial para o País.


OAM 490 10-12-2008 11:50

1 comentário:

Domingos neto disse...

caro António Maria
Falta falar em responsabilizar indivudualmente cada deputado perante o círculo que o escolheu