terça-feira, maio 19, 2015

Costa quer avós a trabalhar


As perigosas luminárias do vigário de Sócrates


PS quer avós a trabalhar a tempo parcial
Jornal de Negócios, 19 Maio 2015, 21:30

"Está na altura de se alargar aos avós a possibilidade de trabalhar a tempo parcial" para poderem apoiar os filhos empregados, afirmou esta terça-feira o líder socialista António Costa. "Numa sociedade em que a passagem à idade de reforma é cada vez mais tardia, temos de encontrar soluções", sendo que "a possibilidade de mobilizar os avós para o apoio à família é uma forma de ajudar a criar condições para aumentar a natalidade".

Avós regressam ao trabalho, ou a previsibilidade vergonhosa da corja partidária do Bloco Central. Dar emprego aos avós significa tirar-lhes primeiro o dinheiro das reformas, assediá-los fiscalmente, e depois forçá-los a trabalhar em regimes informais a baixo custo, atacando por esta via o nível salarial geral, mantendo, por fim, a juventude longe do emprego. Depois admiram-se que esta emigre, ou que alguns jovens acabem no Estado Islâmico!

Mas que defende afinal António Costa? Que os avós fiquem a cuidar dos netos, ou que tirem o trabalho aos netos?

Sobre a falta de originalidade das luminárias de António Costa, vale a pena ler este artigo sobre a evolução recente do fator trabalho nos Estados Unidos.


Se gostou do que leu apoie a continuidade deste blogue com uma pequena doação

Sem comentários: